Atualizado: 26-Sep-2007

Projeto de Pesquisa
(Parte VII - Variáveis)


diapositivos em PDF


diapositivos em PPT

Ementa da aula | Conteúdo da aula | Artigo para leitura prévia
Objetivos de aprendizagem | Leitura complementar



Ementa da aula

A definição

É o item que está sendo quantificado nos sujeitos da pesquisa para que depois da análise estatística possa determinar se a hipótese pode ou não ser rejeitada.

A importância

As variáveis deve fazer parte de qualquer projeto de pesquisa desde o seu início. Seu papel é estabelecer, objetivamente, qual o critério que determinará o sucesso ou o insucesso do que esta sendo pesquisado. A escolha das variáveis a serem estudadas é determinada pela pergunta da perquisa, que orienta todos os componentes do projeto de pesquisa.

Os tipos

O variáveis de uma pesquisa clínica deve ser dividido em três partes: a) variável primária; b) variáveis secundárias; c) dados complementares. A variável primária será aquela mais importante e é a única que têm peso no momento da conclusão. As variáveis secundárias são importantes para a situação clínica que esta sendo estudada mas não são decisivas na conclusão. Os dados complementares são as variáveis coletadas para caracterizar a amostra, por exemplo, idade, sexo.

A descrição

Em cada uma das variáveis deverá ser apresentado: a definição da variável, como, quem e quando será quantificada (medida ou contada). Descreva cada um destes itens como máximo de detalhes possíveis, e sempre que possível utiliza referências para fundamentar aquilo que esta descrevendo.

Considerações finais

A descrição detalhada e minuciosa das variáveis é essencial para a qualidade da pesquisa. A seleção de qual a variável a ser quantificada é orientada pela pergunta de pesquisa e determinada pelo pesquisador.

[ Sobe ]


Conteúdo da aula

Qual a relação entre a pergunta clínica e as variáveis estudadas?
Quem determina as variáveis que serão quantificadas?
Quais são os componentes necessários para quantificar uma variável?
Quando utilizar as variáveis clínicas e as variáveis biológicas?
Por que utilizar variáveis clínicas?

[ Sobe ]


Artigo para leitura prévia

Castro AA. Projeto de pesquisa (parte VIII - método estatístico / análise estatística). In: Castro AA, editor. Planejamento da pesquisa. São Paulo: AAC; 2001. Disponível em: URL: http://www.evidencias.com/planejamento/pdf/lv4_09_variaveis.pdf

Altman DG, Bland JM. Statistics notes: variables and parameters. BMJ 1999 Jun 19;318(7199):1667. Disponível em: URL: http://www.bmj.com/cgi/content/full/318/7199/1667

[ Sobe ]


Ao final da aula, o aluno bem sucedido
deverá ser capaz de:

• Entender a relação entre a pergunta clínica e as variáveis que serão quantificadas;
• Saber quem determina as variáveis que serão quantificadas;
• Listar e definir os componentes necessários para quantificar uma variável;
• Entender quando utilizar variáveis clínicas e variáveis biológicas;
• Justificar a importância em utilizar variáveis clínicas.

[ Sobe ]


Leitura complementar

http://moodle.uncisal.edu.br/course/view.php?id=17
Programa Miha Primeira Pesquisa. Passo-a-passo da realização de uma pesquisa, desde a formulação da idéia brilhante até o encaminhamento do artigo original para publicação. Acesse como VISITANTE.

http://www.evidencias.com/cc_glossary_traducao_412.PDF
Glossário de termos de metodologia

Boynton PM, Greenhalgh T. Selecting, designing, and developing your questionnaire. BMJ. 2004 May 29;328(7451):1312-5. Disponível em: http://bmj.bmjjournals.com/cgi/reprint/328/7451/1312.pdf

Bland JM, Altman DG. Validating scales and indexes. BMJ 2002;324:606-607. Disponível em: URL: http://bmj.com/cgi/content/full/324/7337/606

Haynes RB, Mulrow CD, Huth EJ, Altman DG, Gardner MJ. More informative abstracts revisited. Ann Intern Med 1990;113:69-76. Disponível em: URL: http://www.acponline.org/journals/resource/90aim.htm

International Committee of Medical Journal Editors. Uniform requirements for manuscripts submitted to biomedical journals. Ann Intern Med 1997;126:36-47. Disponível em: URL: http://www.icmje.org

http://www.glamm.com/ql/url.htm
Instrumentos para avaliação da qualidade de vida

http://www.sf-36.org
The SF Community - offering information and discussion on health outcomes.

http://www.ufrgs.br/psiq/whoqol.html
A versão em português (Brasil) do WHOQOL-100 e WHOQOL-BREF foi realizada segundo a metodologia preconizada para a versão deste instrumento, tendo sido realizado o teste de campo em 300 indivíduos para cada um dos dois instrumentos. As características psicométricas preencheram os critérios de desempenho exigidos: consistência interna, validade discriminante, validade convergente, validade de critério, fidedignidade de teste-reteste. Os dados referentes a estes testes de campo foram enviados recentemente para publicação em revistas de circulação nacional e internacional. A versão em português dos instrumentos WHOQOL foi desenvolvida no Centro WHOQOL para o Brasil, no Departamento de Psiquiatria e Medicina Legal da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, sob a coordenação do Dr. Marcelo Pio de Almeida Fleck.

http://www.inca.gov.br/inquerito
Inquérito Domiciliar sobre Comportamentos de Risco e Morbidade Referida de Doenças e Agravos não Transmissíveis

[ Sobe | Volta ]


Conteúdo protegido por direitos autorais, pode ser copiado apenas para uso pessoal.
Copyright © 2001, 2002, 2003, 2004, 2005, 2006, 2007 by Aldemar Araujo Castro
Correio eletrônicol:
email@evidencias.com
URL: http://www.evidencias.com/planejamento/lv4_09.htm